Siga minhas redes sociais e ROCK ON!

Entenda o uso do “Do” e do “Does” de uma vez por todas em inglês.

Ladies and gentlemen, boys and girls…

Welcome! Sejam todos muito bem vindos!

Com esse conteúdo o objetivo principal é entender de uma vez por todas o uso correto de do/does.

Primeiramente quero aproveitar para provar para você que o inglês é muito fácil, especialmente quando comparado ao português.

Você já observou quantas alterações são necessárias para conjugar um verbo no passado em português?

Veja o exemplo do verbo ir:

eu fui
tu foste
ele foi
nós fomos
vós fostes
eles foram

Para cada pessoa o verbo fica de um jeito diferente, e mesmo assim, somos fluentes em português e conseguimos nos comunicar muito bem.

Agora, para ficar bem claro para você como o inglês é simples, veja como fica a conjugação do verbo ir, que em inglês é go e sua forma no passado fica went.

I went
You went
He went
She went
It went
We went
They went

Você percebe que não há alteração, ou seja, muito mais simples de conjugar o verbo em inglês do que em português, não concorda?

Mas é claro que há situações que vão haver algumas alterações, quando vamos falar no presente, por exemplo, é preciso ter atenção para a terceira pessoa do singular, ou seja:

  • He → Ele
  • She → Ela
  • It → Ele ou ela, utilizado para objetos ou animais (casa, cachorro, relógio…)

DO/DOES

Há dois usos diferentes para do/does, o primeiro deles é como verbo, onde tem o significado de fazer. Exemplo:

Eu faço – I do

Ele faz – He does

E outra função do do/does é como verbo auxiliar, ou seja, para ajudar você a montar frases interrogativas e negativas. 

Usando de exemplo o verbo trabalhar que em inglês é work:

Afirmativa: I work. – Eu trabalho.

Negativa: I do not work / I don’t work. – Eu não trabalho.

Talvez neste ponto você já esteja se perguntando onde que o does fica nesta história e para te mostrar vamos ver a conjugação do verbo work:

I don’t work
You don’t work
He doesn’t work
She doesn’t work
It doesn’t work
We don’t work
They don’t work

No quadro acima podemos perceber que para negar, usamos o do + not (doesn’t) para todos, exceto para a terceira pessoa do singular (he, she and it) onde usamos o does + not (doesn’t).

O verbo auxiliar do/does também é utilizado para construir frases interrogativas e neste caso a estrutura da frase muda um pouco e ele é utilizado no começo da frase. Como nos exemplos:

Do you work? – Você trabalha?

Do you play soccer? – Você joga futebol?

Então quando você formular uma frase interrogativa será necessário utilizar o do ou o does, confira no quadro abaixo.

Do I play soccer?
Do you play soccer?
Does he play soccer?
Does she play soccer?
Does it play soccer?
Do we play soccer?
Do they play soccer?

OBSERVAÇÃO: You pode servir para se referir a você (singular) ou vocês (plural). O contexto sempre vai ajudar a identificar qual sentido foi empregado e, geralmente, são usados alguns elementos que ajudam nessa identificação, como o uso da palavra guys.

Do you guys want coffee? – Vocês pessoas querem café?

Um outro uso bem interessante para o do/does é para dar ênfase para algo, para entender melhor, veja o seguinte diálogo:

  • Do you work here? (Você trabalha aqui?)
  • Yes, I work here / Yes, I do (Sim, eu trabalho)
  • Really? (Mesmo?)
  • I do work here! (Eu trabalho aqui sim!)

Uma técnica bem interessante para você reafirmar algo, dar maior ênfase ao que está falando. Mas lembre-se que neste caso, o do não tem uma tradução na frase, ele está apenas auxiliando a enfatizar uma ideia.

O uso de do/does pode confundir muita gente, mas com um pouquinho de atenção você vai perceber que é muito mais simples do que imaginava.

I hope you enjoyed this… 

I will see you next time and… 

Rock On! 🤟 

Teacher Matias

Newsletter

Quer receber conteúdos realmente diferentes sobre como aprender inglês de verdade? Então participe da nossa lista…

teachermatias.com- todos os direitos reservados

Newsletter

Quer receber conteúdos realmente diferentes sobre como aprender inglês de verdade? Então participe da nossa lista…

teachermatias.com- todos os direitos reservados

Matrículas Encerradas